Lorena Wiebes domina sprint para vencer Ronde van Drenthe

Lorena Wiebes domina sprint para vencer Ronde van Drenthe


“],” filter “: ” nextExceptions “:” img, blockquote, div “,” nextContainsExceptions “:” img, blockquote “}”>

Lorena Wiebes (DSM) fez 13 não tão infeliz no sábado.

O supremo holandês superou Elena Cecchini (SD Worx) e Eleonora Gasparrini (Valcar Travel & Service) no sprint final para marcar sua 13ª vitória da temporada no Ronde van Drenthe.

A final da corrida – que foi reorganizado a partir de seu horário normal de março – foi dominado pela equipe DSM de Wiebes.

A seleção vencedora do árduo clássico de paralelepípedos foi feita na subida final da penosa subida do VAM-berg, quando Wiebes chegou ao grupo da frente de sete. A equipe DSM teve o luxo de quatro pilotos no septeto e trabalhou duro para manter a fuga longe dos restos do pelotão.

Com Wiebes sendo um dos velocistas mais velozes do grupo, Floortje Mackaij, Pfeiffer Georgi e Franziska Koch puxaram na frente enquanto seu companheiro de equipe de finalização rápida sentou-se na parte de trás em antecipação ao sprint.

As abelhas operárias da DSM conduziram o grupo até o acabamento plano em Hoogeveen e todos os olhos estavam voltados para Wiebes. A jovem de 22 anos intensificou o estilo, disparando para longe de seu piloto líder e distanciando Cecchini por vários comprimentos de bicicleta ao vencer a última corrida WorldTour Feminino da temporada.

A vitória coroou uma temporada turbulenta para Wiebes depois que ela se juntou ao DSM em meados de 2020. Palmarès para 2021 inclui duas vitórias no Tour of Britain e Giro Rosa, bem como o premiado Scheldeprijs de um dia.

Gasparrini, 19, marcou um dos maiores resultados de sua jovem carreira ao ficar em terceiro lugar. O italiano também venceu a corrida nacional de juniores de estrada e os títulos TT em 2019 e levou o ouro nos campeonatos europeus de corrida de estrada junior no verão passado.

Resultados da UCI Women’s WorldTour Ronde van Drenthe





Source link